Eu

Eu
Paulo Rogério De Mari Casagrande

sábado, 19 de março de 2011

"Those Were the Days"

 Aqueles eram os dias


Era uma vez uma taverna
Onde brindávamos uma ou duas vezes
Lembra como ríamos pelas horas
E sonhávamos com todas as coisas grandes que faríamos

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Pois éramos jovens e certos de que seria de nosso jeito

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Então os anos ocupados nos atravessaram
Perdemos nossas noções estreladas pelo caminho
Se por acaso te visse na taverna
Sorriríamos um para o outro e diríamos

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Bem essa noite fiquei parada em frente a taverna
Nada parecia como antes
No vidro vi um reflexo estranho
Aquela mulher solitária era realmente eu?

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Aqueles eram os dias, oh sim aqueles eram os dias

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la
La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Pela porta saiu uma risada conhecida
Vi seu rosto e ouvi vc chamar meu nome
Oh meu amigo estamos mais velhos mas não mais sábios
Pois em nossos corações os sonhos são os mesmos ainda

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Aqueles eram os dias, oh sim aqueles eram os dias
 la la la la la
la la
 la la la, la la la la la la la








Single por Mary Hopkin
do álbum Post Card
Lançamento 30 de agosto de 1968
Duração 5:05
Gravadora(s) Apple
Composição Gene Raskin
Produção e arranjos Paul McCartney

"Those Were the Days" foi a primeira música lançada por Mary Hopkin, em 30 de agosto de 1968.[1] A composição é creditada a Gene Raskin, que fez uma versão em inglês para a canção russa Дорогой длинною ("Dorogoi dlinnoyu"), escrita por Boris Fomin (1900-1948) com texto do poeta Konstantin Podrevskii. A música trata da remanescência sobre a juventude e o idealismo romântico.

Embora a canção tenha sido popularizada no início da década de 60 pelo grupo The Limelighters, Mary Hopkin foi quem escreveu a mais conhecida gravação, que foi produzida por Paul McCartney e se tornou o primeiro hit dos singles no Reino Unido e segundo nos Estados Unidos. A música foi traduzida para o castelhano (com o título "Que tiempo tan feliz"), para o francês (com o título "Le temps des fleurs]]), para o italiano (com o título "Quelli erano giorni") e para o alemão (com o título "Am jenem Tag").

A versão de Mary Hopkin foi lançada no programa de televisão Opportunity Knocks, da BBC. A cantora Sandie Shaw também gravou a música, mas não teve o mesmo sucesso que a versão de Mary Hopkin.

Durante a década de 70, quando o contrato de Mary Hopkin terminou com a Apple, esta peça, junto com o single Goodbye, foram regravados pelo produtor Tony Visconti. Somente esta versão regravada pode ser encontrada em discos compilados, porque a Apple nunca permitiu o uso de suas gravações originais.

Em 2005, Dolly Parton lançou um cover desta música, que se tornou o título de seu álbum com essa música

Nenhum comentário:

Postar um comentário