Eu

Eu
Paulo Rogério De Mari Casagrande

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Índice de Percepção da Corrupção


Michel Goulart

Índice de Percepção da Corrupção (IPC) foi criado pela organização Transparência Internacional para avaliar, em 68 países, a forma como as pessoas percebem a existência da corrupção nos setores públicos. O último IPC trouxe dados de 2015 e mostra que, de 168 países avaliados, 144 possuem altos índices de corrupção.
O IPC possui um score (índice) e um ranking (posição). Quanto menor o índice, mais corrupto um país é. Quanto maior a posição no ranking, mais corrupto o país é. Neste sentido, os dois países mais corruptos, no ranking 167, são a Somália e a Coreia do Norte. O país menos corrupto – ranking 1 – e pelo segundo ano consecutivo, é a Dinamarca. Os países escandinavos, em geral, estão no topo do ranking.
No continente americano, o Canadá é o país menos corrupto. Na América Latina, Uruguai desponta como o país com menor percepção de corrupção, seguido pelo Chile e Guiana Francesa. O Brasil, infelizmente, foi o país com pior desempenho de todos. De 2014 para 2015, o índice passou de 43 para 38. A posição também caiu, de 83ª para 76ª no ranking.

Nenhum comentário:

Postar um comentário